Tratamentos pós-fundição
Exemplo de acessórios para Indústria Vidreira
Os perfis e barras produzidos pela fundição contínua são passíveis de tratamentos térmicos e superficiais para obtenção de características especiais.
 
Ligas de Alta Resistência
 
Dentre os produtos obtidos no estado bruto de fundição, o ferro fundido nodular perlitico de classe FE70002 possui no mínimo 700 Mpa de tensão limite de resistência.
Todavia, mediante tratamento térmico é possível obter um produto ainda mais resistente, com tensão limite de resistência entre 850 e 1600 Mpa com valores de alongamento de até 6%. Este produto, resultante do tratamento térmico de austempera feito em um ferro fundido nodular, é conhecido mundialmente como ADI (austempered ductile iron) e se caracteriza por possuir grafita nodular em uma matriz composta de ferrita e austenita de alto carbono. (Alguns textos denominam incorretamente este material de ferro fundido nodular bainítico, embora sua matriz não contenha bainita, mas ferrita e austenita).
 
Ferros fundidos nodulares submetidos a tratamento de austêmpera são indicados para fabricação de engrenagens, eixos de comando de válvulas, pinos buchas e componentes que necessitem boa tenacidade combinada com alta resistência ao desgaste.
 
Existe possibilidade de obter uma vasta gama de combinações de propriedades mecânicas, já que este material tem alta temperabilidade. Pode ser submetido a têmpera , revenido e normalização.
 
Tratamentos Superficiais
 
Os objetivos destes tratamentos é a elevação da resistência ao desgaste (nitretação, têmpera superficial), ou à fadiga (shot peening) ou à corrosão (cromagem).
 
Os produtos de fundição contínua permitem a cromagem (peças para vidraria), nitretação , shot peening (engrenagens) e têmpera superficial (eixos de comando de válvulas).